sexta-feira, 15 de outubro de 2010

O controverso "Il dito medio"de Maurizio Cattelan


A exibart, uma news italiana,está solicitando via e-mail assinaturas para a petição em prol da manutenção da escultura"Il dito medio", do artista italiano Maurizio Cattelan, em frente o edifício da Bolsa, na Praça Affari, em Milão. A escultura está criando constrangimento aos mais conservadores e a prefeita da cidade,Letizia Moratti, estabeleceu um prazo até 24 de outubro para a retirada da obra daquele local.

Diz o e-mail assim: "Os nossos administradores deveriam entender que a escultura de Maurizio Cattelan representa um simbolo único da nossa comtemporaneidade, numa cidade ansiosa e stressante como é Milão. Nos mesmos termos do diretor da revista Flash Art, Giancarlo Politi, que em uma newsletter lançou uma campanha em favor da escultura, a Exibart também está de acordo.
Seria um verdadeiro delito removê-la, diz Politi. Se isto for feito é necessário remover todas as outras esculturas esparsas nas diversas praças, que estão obsoletas e ultrapassadas.Ao invés disso, a escultura de Maurizio, de mármore de Carrara, se integra perfeitamente à arquitetura da praça e aos edifícios ao entorno.À prefeita, pouco atenta aos sinais da arte e da cultura de hoje, nos presenteie, por favor, com este belíssimo sinal que o mundo hostiliza."
Il Dito Medio, de Cattelan, e Bandeira Branca, agora sem os Urubus, de Nuno Ramos, fazem uma àcida leitura do mundo contemporâneo.
Com certeza não faltariam espaços, no Brasil, perfeitamente adequados para a obra de Cattelan. rsss..
Para os interessados em assinar a petição: http://www.petizionionline.it/petizione/exibart-flash-art-il-dito-medio-di-maurizio-cattelan-resti-a-milano/2209

Nenhum comentário:

Postar um comentário