domingo, 28 de fevereiro de 2010

Escritor turco premiado lança livro em Curitiba



Premiado por defender a liberdade de expressão e causas sociais na Turquia, o escritor Erol Anar inclui em seu currículo a publicação de duas de suas obras em português. Depois de três meses do lançamento do “Café da Manhã Existencialista”, ele apresenta na próxima quinta-feira (4), às 19h30, na livraria Curitiba, do Shoping Estação, o segundo livro, Amor e Solidão. O lançamento é da Juruá Editora e a tradução assinada por sua esposa, a brasileria Jucemara Anar.
Erol Anar participou da Comissão de Direitos Humanos em seu país e recebeu o 3º. lugar no Prêmio Jornalista Musa Anter, em 1997, o mesmo prêmio em 2º. Lugar, em 1998, também o Prêmio Liberdade de Expressão, em 1997, pela Fundação Hellman- Hammeth, Nova York. O prêmio Jornalista Musa Anter tem este nome porque homenageia este importante escritor e jornalista Curdo, assassinado em 1992 e em memória dele foi instituída a premiação.
O prêmio Hellman e Hammett homenageia dois escritores que sofreram opressão pelo governo americano sob acusação de serem comunistas, em 1950, nos Estados Unidos (época chamada de “Época Mc Carty"). Desde 1989 este prêmio é dado no mundo inteiro pelo Human Rights Watch (New York) para jornalistas e escritores que sofreram opressão por causa de suas idéias. (para Liberdade de expressão).
O amor e a vontade de morar no Brasil (sonho de criança) fez com que sua vida mudasse de rumo ao optar pelo Brasil. Vivendo em Curitiba Erol começou a desenvolver seus projetos de traduzir todos os seus 15 livros já publicados e planejar novos, como escrever sobre os costumes de povos orientais.
“Amore e Solidão” esteve na lista dos 10 mais vendidos na Turquia. Erol também escreveu “Liberdade de Expressão”, uma pesquisa sobre a história de diferentes povos, Império Otamano e outros, Europa, trata da liberdade de expressão e direitos humanos. Que ainda não foi traduzido. Esse livro foi confiscado pelo Fórum de Segurança Nacional na Turquia, o escritor foi condenado a 10 meses de prisão mas não precisou cumprir porque a pena foi revogada.
“Portas, escadas e máscaras” é outra obra instigante do escritor também não traduzida ao português. O conteúdo é baseado na filosofia da vida, com o uso da mitologia, da história em cada artigo.

Serviço:
Lançamento do livro Amor e Solidão, Erol Anar
Data: 04 de março
Hora: 19h30
Local: Livraria Curitiba do Shopping Estação

Nenhum comentário:

Postar um comentário